quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Após governo rever corte, TSE diz que eleição de 2016 será eletrônica


Segundo tribunal, Executivo irá repassar R$ 267 mi que seriam bloqueados.
Em novembro, TSE advertiu que bloqueio inviabilizaria votação eletrônica.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou nesta quinta-feira (10), por meio de nota, que o governo federal revisou parte do bloqueio de R$ 428 milhões que faria no orçamento da Justiça Eleitoral, prometendo liberar R$ 267 milhões que, inicialmente, seriam contingenciados. Com isso, a Corte eleitoral afirmou que será viabilizada a realização das eleições de 2016 com voto eletrônico.

O bloqueio atingiria os orçamentos do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), da Justiça Federal, da Justiça Militar da União, da Justiça Eleitoral, da Justiça do Trabalho, da Justiça do Distrito Federal e Territórios e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
No fim de outubro, uma portaria assinada pelo presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, advertiu que o contingenciamento determinado pelo Executivo nos tribunais superiores inviabilizaria o voto eletrônico.
Com o bloqueio previsto anteriormente pelo governo, a Justiça Eleitoral deixaria de receber mais de R$ 428 milhões, o que, segundo o TSE, impediria a compra e a manutenção de urnas eletrônicas necessárias para viabilizar o pleito municipal.
Na época, Toffoli ressaltou que era imprescindível contratar as urnas eletrônicas até o fim do mês de dezembro, com o comprometimento de uma despesa estimada em R$ 200 milhões.
O governo conseguiu rever o tamanho do bloqueio de recursos do Judiciário porque, em 2 de dezembro, o Congresso Nacional aprovou projeto que reduziu a meta fiscal deste ano.
Na ocasião, deputados e senadores autorizaram o governo federal a encerrar 2015 com um déficit recorde de R$ 119,9 bilhões. O Executivo dependia da revisão da meta para não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

No comunicado divulgado nesta quinta, o tribunal eleitoral afirmou que a revisão da nova meta fiscal deste ano por parte do Congresso levou os ministérios da Fazenda e do Planejamento a recalcularem o contingenciamento no Judiciário.
Em vez de bloquear R$ 428 milhões, destacou a nota do TSE, o governo irá cortar R$ 161 milhões. De acordo com o tribunal, a redução do contingenciamento possibilitará a substituição de urnas eletrônicas para a eleição do ano que vem.
Leia a nota divulgada pelo TSE confirmando a votação eletrônica na eleição de 2016:
Votação eletrônica em 2016 está garantida com nova meta fiscal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu nesta quinta-feira (10) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão cópia do relatório enviado à Comissão Mista do Congresso Nacional, no qual constam reestimativas de receitas e despesas que garantem a realização das Eleições Municipais de 2016 por meio eletrônico. O documento também é assinado pelo Ministério da Fazenda.
De acordo com o Ofício Interministerial, findo o quinto bimestre deste ano, e dada a meta de superávit primário constante da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO-2015) vigente à época, indicou-se a necessidade de redução financeira em R$ 107,1 bilhões aos Poderes da República, incluindo a Defensoria Pública (DPU) e o Ministério Público da União (MPU). Ao fim do terceiro bimestre já havia a necessidade de redução de outros R$ 79,5 bilhões.
No entanto, com a aprovação do PLN nº 5/2015 no Congresso Nacional e sua conversão em lei, a LDO-2015 foi alterada e houve redução na meta de resultado primário para o conjunto dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social – OFSS, de R$ 55,3 bilhões positivos para R$51,8 bilhões negativos e, dessa forma, a meta de resultado primário OFSS foi reduzida em R$ 107,1 bilhões.

Fonte: Renan Ramalho e Mariana Oliveira
Do G1 e da TV Globo, em Brasília

sábado, 25 de julho de 2015

WhatsApp ganha emoji de ‘dedo do meio’ escondido; veja como encontrar

Novo emoji foi liberado com atualização para Android, disponível só no site.
Gesto com o dedo médio se soma aos sinais de 'positivo' e de 'Ok'.


A nova versão do aplicativo de mensagens WhatsApp, liberada nesta semana, possui um novo emoji escondido que vai fazer a alegria dos nervosinhos de plantão. Agora, além de enviar a amigos imagens que sinalizem gestos como o de “positivo”, “Ok” e o de bater palmas, os usuários do serviço poderão mandar também o dedo do meio, uma espécie de malcriação virtual.







WhatsApp, app de mensagens instantâneas para celular, agora manda emojis de "dedo do meio". (Foto: G1)WhatsApp, app de mensagens instantâneas para
celular, agora manda emojis de "dedo do meio".
(Foto: G1)


O emoji surpresa aparece apenas para quem instalou a última versão do WhatsApp para Android, que ainda não está disponível na Google Play, mas pode ser baixada diretamente no site do aplicativo (Veja abaixo como fazer o download e instalação).

Mesmo depois de o app de chat ser atualizado, o emoji não aparece automaticamente. É preciso antes criar um atalho. Testes com um smartphone do modelo Nexus 5, equipado com Android 5.1, mostram que o passo a passo funciona. Mas algumas versões antigas do sistema podem não rodar o emoji.

Veja abaixo como liberar o emoji de “dedo do meio” para o WhatsApp:

1) Abra no celular o site https://codepoints.net/U+1F595;
2) Pressione o dedo sobre o retângulo preto até que surja na tela o ícone de copiar e o selecione para que ele vá para a área de transferência do Android.
3) Para o emoji ser exibido, é preciso criar um atalho no teclado: vá a “Configurações”, “Idioma e inserção”, selecionar uma língua (de preferência o português) e optar por “Dicionário Pessoal”
4) Em “Dicionário Pessoal”, clique no sinal de mais para incluir um novo termo;
5) Cole na caixa de texto o símbolo do "retângulo preto" que já tinha sido copiado e escreva uma sequência de texto para servir como atalho;
6) Pronto. Para enviar o emoji de “dedo do meio”, basta escrever o mesmo texto cadastrado como atalho.

Veja abaixo como instalar a nova versão do WhatsApp para Android:
1) Vá ao site http://www.whatsapp.com/android/ e clique em “Download Now”;
2) Enquanto o app é baixado, acesse no celular o menu “Configurar” e acesse o ícone “Segurança”;
3) Marque a caixa de “Fontes desconhecidas” e pressione “Ok” quando surgir o aviso de que o celular pode estar sob risco ao instalar apps fora da Google Play;
4) Após o download acabar, vá em “downloads” e clique sobre “WhatsApp.apk”;
5) Selecione “Instalar” e aguarde até a conclusão do processo; depois disso, toque em “abrir” para o aplicativo começar a funcionar já atualizado.

Fonte: G1.com

Odebrecht e Andrade Gutierrez terão de ressarcir mais de R$ 7 bi, diz MPF

Presidentes das 2 empresas foram denunciados pelo MPF na sexta (24).
Empresas são acusadas de participar de esquema de fraudes na Petrobras.


A denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra executivos da construtora Odebrecht e da Andrade Gutierrez, na sexta-feira (24), aponta que as duas empresas terão de ressarcir mais de R$ 7 bilhões aos cofres públicos. Desse total, R$ 486.468.755,21 são referentes à Andrade Gutierrez e R$ 6.766.022.202,30 referem-se à Odebrecht. As empresas são as duas maiores construtoras do Brasil.

Ao todo, 22 pessoas foram denunciadas. Na lista aparecem ainda os nomes do doleiro Alberto Youssef, do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, do ex-diretor de Serviços da estatal Renato Duque e do ex-gerente de Serviços Pedro Barusco.

De acordo com o MPF e a Polícia Federal, a Odebrecht e a Andrade Gutierrez agiam de forma mais sofisticada no esquema de corrupção e fraudes de licitações da Petrobras. Elas formavam um cartel, obtendo preços favoráveis e, com isso, lucros extraordinários. Parte desse lucro excedente era usada para pagar propina a agentes públicos e partidos políticos, conforme os procuradores.

A denúncia também aponta que as duas empresas pagaram mais de R$ 600 milhões em proprina em onze contratos que firmaram com a Petrobras.


Do montante total devido pela Odebrecht, R$ 5.987.800.000,00 referem-se aos danos causados por contratos com a Braskem na compra de nafta, um produto essencial para fazer plástico, segundo a denúncia.

A Braskem é uma empresa petroquímica do Grupo Odebrecht que atua em participação com a Petrobras.

Nesta transação, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio de Janeiro, teria recebido propinas de R$ 5 milhões por ano. Parte desse dinheiro era direcionada ao ex-deputado José Janene (PP), já falecido, e posteriormente ao próprio Partido Progressista, afirmou o procurador Deltan Dallagnol.

Desde o início da Operação Lava Jato, deflagrada em março de 2014, R$ 840 milhões já foram recuperados, segundo Dallagnol. Além desse valor, mais de R$ 2 bilhões estão bloqueados em contas no Brasil e no exterior.

Lista dos denunciados por processo

Odebrecht


- Alberto Youssef, doleiro
- Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, ex-diretor da Odebrecht
- Bernardo Schiller Freiburghaus, suspeito de lavar dinheiro de propina da Odebrecht
- Celso Araripe d’Oliveira, funcionário da Petrobras
- Cesar Ramos Rocha, ex-diretor da Odebrecht
- Eduardo de Oliveira Freitas Filho, sócio-gerente da empreiteira Freitas Filho Construções Limitada
- Marcelo Bahia Odebrecht, presidente da Odebrecht S.A.
- Márcio Faria da Silva, ex-diretor da Odebrecht
- Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras
- Paulo Sérgio Boghossian, ex-diretor da Odebrecht
- Pedro José Barusco Filho, ex-gerente de Serviços da Petrobras
- Renato de Souza Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras
- Rogério Santos de Araújo, ex-diretor da Odebrecht

Andrade Gutierrez

- Alberto Youssef, doleiro
- Antônio Pedro Campello de Souza Dias, ex-diretor da Andrade Gutierrez
- Armando Furlan Júnior, sócio de Fernando Soares
- Elton Negrão de Azevedo Júnior, diretor-executivo da Andrade Gutierrez
- Fernando Falcão Soares, lobista conhecido como Fernando Baiano
- Flávio Gomes Machado Filho, filho de Mário Góes e suspeito de operar propina
- Lucélio Roberto von Lechten Góes, lobista suspeito de atuar para a Odebrecht
- Mario Frederico Mendonça Góes, lobista suspeito de atuar para a Odebrecht
- Otávio Marques de Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez
- Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras
- Pedro José Barusco Filho, ex-gerente de Serviços da Petrobras
- Renato de Souza Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras
- Rogério Santos de Araújo, ex-diretor da Odebrecht


Fonte: G1.com

VEJA MAIS AQUI

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Armas de fogo estão sendo vendidas em redes sociais no Acre

Deixou de ser novidade a venda ilegal de armas nas redes sociais. Em uma página do Facebook com o título ‘Venda tudo aqui Acre’ aparece a imagem de um revólver calibre 38, municiado, e o anúncio de venda para o item no valor de R$ 2 mil.
---------------------------------------------------------------------------------------------
Motorista atinge motociclista, o acusa de ser assaltante e acaba preso pela polícia

De acordo com informações, a polícia militar foi avisada via CIOSP que um motociclista que, supostamente teria participado de um assalto, estava em fuga e teria atindido um veículo Corsa de cor prata. Ao chegar ao local o motociclista se encontrava no chão e o motorista do veículo identificado por José Adeilson Teles havia se evadido do local sem prestar socorro a vítima.
----------------------------------------------------------------------------------------------
Homem é preso acusado de ameaçar o cunhado com faca

Policiais do 3º Batalhão da Polícia Militar prenderam José Ronaldo da Silva, 31 anos. Ele foi pego em flagrante na noite de quarta-feira, dia 14, na Travessa do Sino, no bairro Airton Sena.
----------------------------------------------------------------------------------------------
Homem é preso por desacato e desobediência no Bairro Boa União

Policiais Militares do GIRO III na tarde desta quarta-feira (14) na Rua 5 de Junho no Bairro Boa União abordaram Rômulo de Sousa 20 anos, e o mesmo não quis cooperar com as ações da polícia.
----------------------------------------------------------------------------------------------
O RIO BRANCO.NET

Idoso de 84 anos, é preso acusado de estuprar criança de 8 anos no bairro Vitória

O idoso Cícero Manoel, 84 anos, foi preso no final da tarde desta quarta-feira, 14, ao ser pego em flagrante por um vizinho, estuprando uma criança de oito anos. O crime aconteceu na rua Alvorada, Bairro Vitória, em Rio Branco.
----------------------------------------------------------------------------------------------
Em 2016, Acre poderá implantar colégio militar na Cidade do Povo

Com a perspectiva de inovar o sistema de oferta educacional do Estado, representantes do Corpo de Bombeiros Militar do Acre reuniram-se nesta quarta-feira, 14, com o titular da Secretaria de Estado de Educação, Marco Brandão, para firmar possíveis parcerias entre as instituições.
----------------------------------------------------------------------------------------------
ECOS DA NOTÍCIA

Homem é flagrado por câmeras de segurança furtando mercadorias em supermercado

Um furto foi registrado na noite desta quinta-feira (15) no Supermercado Varejão Popular, que fica localizado no Centro da cidade. César 30 anos, foi preso em flagrante subtraindo mercadorias do estabelecimento.
----------------------------------------------------------------------------------------------
Policia militar prende foragido da justiça no Ramal da Castanheira

Policiais lotados no 2º BPM – Batalhão de Polícia prenderam na noite desta quinta-feira (15) Rosimar Silva de Oliveira, 37 anos. O mesmo foi preso no Ramal da Castanheira no Bairro Vila Acre.

Fonte: Agazetadoacre

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online