quinta-feira, 30 de agosto de 2012

aTube Catcher 2.9.1324

A última palavra para baixar vídeos da internet! Faça downloads, converta, veja-os e mais com este programão.

Leia mais em: http://www.baixaki.com.br/download/atube-catcher.htm#ixzz254csjL78
A alternativa definitiva para download de vídeos da internet chegou e pulverizou a concorrência. O aTube Catcher baixa vídeos de dezenas de páginas e ainda pode convertê-los para diferentes formatos logo após o download.
Ele também faz as vezes de um editor, baixando vários vídeos e juntando todos em um único arquivo. O programa é ainda um conversor para os vídeos que você já tem. Ou seja, uma excelente ferramenta para quem quer aumentar e organizar sua coleção de vídeos.
YouTube, Stage6, MySpace, Dailymotion, Megavideo, Google Video, Metacafe, iFilm, Yahoo! Vimeo, esses são apenas alguns exemplos de todos os sites com os quais o aTube Catcher é compatível. Para ver a lista completa, clique neste link. Você baixa, salva o arquivo em seu computador ou no seu celular, player, ou videogame portátil.

Como fazer

O formato padrão utilizado pelo aTube Catcher é o MPEG4 AVI, mas o programa é compatível com 3GP, 3G2, AVI, XVID, MP4, MP3, MP2, WMA, WMV, GIF, FLAC, WAV, PSP, MPG, VOB, OGG, MOV e AVI. O software está disponível em seis idiomas. Tudo é feito em uma interface muito simples e agradável.
Basta copiar e colar o endereço do vídeo desejado e iniciar o download e/ou conversão. O programa facilita ainda mais sua vida, pois sempre que você copia o link de alguma das páginas reconhecidas automaticamente o endereço já é selecionado para download.

Copie o endereço do YouTube
Vídeos que estão adicionados em outras páginas (por exemplo blogs) também podem ser baixados, desde que o código original não seja modificado.

Juntando tudo

Vídeos do YouTube, por exemplo, não podem ter mais que 10 minutos de duração. Outros sites também têm restrições quanto ao tamanho dos downloads. Logo, é comum ver vídeos longos divididos em partes.
O aTube Catcher, além de baixar, também reúne séries de vídeos e junta tudo. Assim  você nem precisa usar um programa de edição de vídeos somente para “colar” tudo. A ferramenta é muito fácil de ser utilizada. No menu “Ferramentas”, clique em “Download e juntar vídeos" para começar.
Vídeos para juntar
Na pequena janela aberta, cole os endereços dos vídeos que você quer juntar. Não é necessário utilizar links do mesmo site, e isso dá margem para a sua criatividade. Selecione os vídeos e faça a mixagem como bem entender. Você só precisa ter em mente que, quanto mais vídeos forem listados, mais tempo a conversão pode demorar.

Autenticação

O aTube Catcher usa o seu login e senha de sites como Dailymotion, YouTube, CrunchyRoll, Orange e Kewego. Assim você baixa arquivos pessoais ou que necessitem de verificação de cadastro. Outra excelente novidade deste programa é o suporte para listas.
Basta inserir o endereço de uma playlist e você é perguntado sobre quais vídeos de qual lista deseja baixar, sendo possível escolher todos eles. O aTube Catcher gerencia os downloads e as conversões um a um.
Também é possível usar o endereço de uma pesquisa para baixar vídeos mais específicos. Digite um tema, veja os resultados e escolha aqueles que você deseja baixar.

Instalando e usando

A instalação do aTube Catcher é simples e não deve durar muito. Apenas execute o arquivo baixado e siga as instruções que aparecem. Na primeira vez em que o programa for executado, você é perguntado em qual idioma deseja utilizá-lo. Português está entre as opções.

Atenção!

O programa instala uma barra de pesquisa em seu navegador e marca a paginal inicial como Ask.com. Marque a opção "Custom installation" e desmarque as duas caixas para instalar apenas o aTube Catcher.
Instação do Ask
Em seguida, o aTube Catcher pesquisa se você possui instalados os codecs Xvid, necessários para a execução de alguns tipos de vídeo. Caso você não tenha, o próprio programa os instala para você.
Para começar, escolha o que você quer, entre as duas opções principais do programa: baixar um vídeo da internet ou converter um arquivo FLV para outro formato. Caso escolha a primeira, basta copiar o link do vídeo desejado no campo "Origem". Clique em "Colar" se você tiver o endereço copiado na área de transferência (ou use a combinação "Ctrl+C").
Interface principal


Criança atacada por cão vira-lata fica gravemente ferida

Qui, 30 de Agosto de 2012 Redação/Ecos
30-08-12-mordida-caoO ataque do cão vira-lata contra uma menina de 10 anos, aconteceu na tarde desta quarta-feira, 29, na casa da avó da criança, localizada na rua Siqueira Campos, município de Sena Madureira, distante de Rio Branco, cerca de 140 quilômetros.
De acordo com informações a criança brincava no quintal da casa da avó quando foi atacada pelo cão vira-lata da família.
No ataque o animal chegou a arrancar parte do nariz da criança e produziu cortes profundos no rosto e boca. A menina foi socorrida e encaminhada ao Hospital João Câncio naquela cidade e devido a gravidade dos ferimentos foi transferida para o Pronto Socorro de Rio Branco.
Segundo familiares da criança o animal era acostumado a brincar com a menina, mas ninguém sabe informar o que teria acontecido para produzir a reação raivosa do animal.

Operário que teve crânio perfurado por vergalhão passará por tratamento psicológico

Rápida recuperação de Eduardo Leite surpreendeu médicos do Miguel Couto


Evelyn Moraes, do R7 | 30/08/2012 às 13h44 | Atualizado em: 30/08/2012 às 15h32
médico

Veja a galeria completaDiretor do Miguel Couto disse que Eduardo terá que ir a cada 15 dias ao hospital para ser avaliado
A recuperação do operário Eduardo Leite, de 24 anos, que teve o crânio perfurado por um vergalhão de 2 m há 15 dias, surpreendeu os médicos do Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo o diretor da unidade, Luiz Alexandre Essinger, em um caso como este, é normal que o paciente sofra algum distúrbio de comportamento. Apesar de não ter sofrido nenhum tipo de trauma, ele passará por tratamento psicológico para evitar futuras sequelas.
Com 26 anos de carreira, o médico disse que nunca viu nada igual.
— Eu já vi muita coisa nesse hospital, alguns traumas penetrantes no cérebro, mas como esse não. É o primeiro que sai tão bem. Foi um milagre realmente. Ele não teve nenhuma alteração de humor, esteve bem desde o primeiro dia de internação.
O operário recebeu alta por volta das 11h desta quinta-feira (30). Ele saiu caminhando, sorridente e sem curativos, mas não deu entrevista ao "batalhão" de jornalistas que o esperavam na recepção. Os exames demonstraram que Eduardo está bem e não teve sequela. De acordo com o diretor do Miguel Couto, ele pode levar uma vida normal.
— Pelo exame médico, até o momento, ele pode levar uma vida normal. Todos os exames demonstraram que ele está bem. O Eduardo fez uma tomografia computadorizada de controle depois da cirurgia, um exame neuropsicológico e não teve nenhuma infecção.
O operário voltará em 15 dias à unidade para uma nova avaliação médica. Segundo Essinger, ele será acompanhado por equipes de neuropsicólogos e psicólogos.
A mãe dele, Maria Leite da Silva, agradeceu a Deus por sua recuperação.
— Deus é grande. Até que enfim ele vai para casa. É uma sensação de angústia muito grande, quando soube pensei que não era nada grave, mas ele me surpreendeu com a recuperação.

Na terça-feira (28), o operário informou com exclusividade ao R7 que vai processar a empresa responsável pela obra onde ele trabalhava quando foi ferido. Na ocasião, ele disse que estar vivo é um milagre. 



Assista aos vídeos:


Empresa notificadaCrea-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro) notificou a empresa responsável pela obra no último dia 22. A direção tem até o próximo sábado (1º de setembro) para apresentar um técnico em segurança.Ainda no dia 22, a engenheira responsável pela obra prestou depoimento de 45 minutos na Comissão de Análise e Prevenção de Acidentes do Crea-RJ. Ela teve uma de suas atividades invalidada, por ter assumido a responsabilidade técnica tanto pela obra quanto pela segurança, o que é vedado pela Câmara Especializada de Segurança do Trabalho.




Sorridente, Eduardo chamou a atenção de quem estava no hospital ao ter alta. Foto: Evelyn Moraes/R7


Ladrão é linchado em frente a uma delegacia

Um homem que tentou assaltar uma mulher foi espancado e praticamente linchado pela população a socos, murros, chutes e ponta pés. Tudo isso aconteceu em frente à delegacia do idoso em João Pessoa onde vários policiais estavam presentes mas não fizeram nada!

Veja o video abaixo:

Veja tambem: Ladrão e amarado em porte e linchado no maranhão

Fonte: TV Paraíba

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Adolescentes tentam matar jovem de 20 anos na frente da Polícia

Seg, 13 de Agosto de 2012 Karol Cavalcante


Violência sem fim
A vítima Alan Alberto da Silva, 20 anos, sofreu varias perfurações a faca, quase teve um braço decepado pelos golpes e ainda teve a faca cravada nas costas
A tentativa de homicídio contra o jovem Alan Alberto da Silva, 20 anos, aconteceu na noite desde domingo, 12, na rua Frilândia, no residencial Cabriúva, no bairro Sobral.
De acordo com informações duas equipes da Polícia Militar realizavam a “operação saturação” no residencial quando dois adolescentes de 16 anos, armados com uma espada corriam atrás do jovem Alan Alberto com a intenção de matá-lo.
Policiais militares conseguiram deter um dos adolescentes e apreender a espada que estava em seu poder.
Segundo informações do Sargento Rezende, enquanto ele e outro militar seguravam um adolescente e aguardavam a viatura para conduzi-lo a Delegacia, o outro menor que estava a cerca de 10 metros de distância da guarnição de posse de uma faca desferiu vários golpes na vítima.
Um dos golpes quase que decepa o braço de Alan Alberto, outro atingiu o peito causando um corte profundo e o último à faca teria ficado cravada nas costas da vítima.
Quando o reforço policial chegou conseguiu apreendeu o adolescente que desferiu os golpes de faca na vítima que ficou gravemente ferida.
Uma equipe de suporte avançado do serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU socorreu a vítima que foi conduzida ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde deu entrada em estado critico.
Os menores apreendidos foram encaminhados a Delegacia Especial de Proteção a Criança e o Adolescente – DEPCA.
Naquela especializada os jovens afirmaram ser a segunda vez que tentam matar Alan Alberto alegando que era rixa antiga e ainda perguntaram aos policiais se a vítima teria conseguido sobreviver.
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-1.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-10.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-11.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-12.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-13.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-14.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-2.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-3.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-4.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-5.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-6.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-7.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-8.jpg
  • Click to enlarge tentativa-homicidio-cabriuva-9.jpg


Corpos mumificados pela ação do tempo são descobertos no Atacama



Indivíduos da cultura Chinchorro viveram no Chile e Peru há 5 mil anos.
Aridez do deserto e tecnologias da época podem ter favorecido processo.

Do G1, em São Paulo
Cientistas encontraram corpos mumificados pela ação do clima no deserto do Atacama, no norte do Chile.
Os resultados estão publicados na edição desta semana da revista americana "Proceedings of the National Academy of Sciences" (PNAS).
Foram encontrados em bom estado de conservação alguns indivíduos da cultura Chinchorro, formada por pescadores e coletores que também viviam no sul do Peru, há 5 mil anos.
Múmia Chile (Foto: Courtesy of Bernardo Arriaza/Pablo Marquet)Corpo mumificado é descoberto no deserto do Atacama, no norte do Chile (Foto: Bernardo Arriaza)
Os pesquisadores atribuem o fato à aridez do Atacama – o deserto mais seco do mundo –, que dificultou o processo de decomposição dos cadáveres.
Além disso, o cientista Pablo Marquet e colegas da Pontifícia Universidade Católica do Chile sugerem que uma época de maior disponibilidade de água doce e produtividade marinha acabou resultando em um crescimento populacional e em inovações culturais e tecnológicas que podem ter propiciado a mumificação dos corpos.
Múmia Chile 2 (Foto: Courtesy of Bernardo Arriaza)Múmia da cultura Chincorro é de uma mulher com peruca de cabelos humanos (Foto: Bernardo Arriaza)
Segundo os autores, a paisagem cheia de múmias levou a população local a cultuar os mortos.

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online