quarta-feira, 2 de outubro de 2013

MINISTRO QUE CRITICOU NEGÓCIO DE VIVO E TIM ELOGIA FUSÃO DA OI



O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta quarta-feira (2) que a fusão entre a Portugal Telecom e a brasileira Oi será positiva para o país. O ministro disse que não vê problemas de concorrência para os consumidores.

"O caso da Brasil Telecom com a Portugal Telecom já vinha sendo anunciado. [A Portugal Telecom] já tinha entrado como sócia, e ontem anunciaram movimento de fusão entre as duas empresas. Para nós, competição é bom. Ajuda o mercado. A briga entre elas faz com que o consumidor acabe ganhando", disse.

Segundo Bernardo, a maior parte do capital da nova empresa criada será brasileiro e a operação da nova empresa terá de ser avaliada pelos órgãos reguladores brasileiros.

Na semana passada, uma fala do ministrosobre o acordo entre Telefónica, dona da Vivo no Brasil e a Telecom Italia foi desautorizada pela presidente Dilma Roussef.

Ele havia afirmado que o grupo espanhol Telefónica não poderia ter o controle das operadoras Vivo e TIM no Brasil porque isso seria contra a legislação do país.

"A presidente Dilma está totalmente certa e o Cade tem que examinar a concentração de mercado. Não devemos ficar falando porque a briga não é aqui no Brasil", declarou após a 'bronca'.

A Telefónica, dona da Vivo no Brasil, anunciou na semana passada que negocia o controle da Telecom Italia, dona da TIM no país. 

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online