quinta-feira, 31 de maio de 2012

Canibal de Maryland confessa ter comido cérebro e coração de colega de quarto


publicado em 31/05/2012 às 19h58:

Canibal de Maryland confessa ter comido cérebro e coração de colega de quarto

Irmão do sujeito achou cabeça e mãos humanas no porão de sua casa e, então, chamou a polícia
Do R7
canibal-maryland-hgReprodução/Maryland Sun
Veja os canibais mais cruéis que existem
Primeiro o caso da Flórida e, agora, esse, em Maryland: o que está acontecendo com o mundo?

Um estudante da Morgan State Univesity confessou aos investigadores ter comido o coração e pedaços do cérebro de um homem cujos restos desmembrados foram encontrados na sua casa, em Joppatowne, no EStado norte-americano de Maryland.

Alexander Kinyua, de 21 anos, foi preso nesta quinta-feira (31/05), cerca de uma semana depois de Kujoe Bonsafo Agyei-Kodie, de 37 anos, ter desaparecido. Os dois dividiam a mesma casa, em Terrapin Terrace, em Jappatowne.

O desaparecimento de Agyei-Kodie começou a ser solucionado depois que Antony Kinua, pai do canibal, ligou para polícia dizendo que seu filho, irmão do criminoso, teria encontrado restos do que parecia ser o corpo de um ser humano no porão de sua casa.
Polícia de Miami mata canibal que comia o rosto de outra pessoa
Russo mata amigo e come como se fosse petisco
Conheça 18 canibais que chocaram o mundo
Mendigos canibais vendiam carne humana para restaurante
Canibais de Pernambuco vendiam coxinhas e empadas de carne humana


Jarrod Kinyua, o irmão de Alexander, disse ter encontrado uma cabeça e duas mãos humanas dentro de recipientes de metal, escondidos sob um travesseiro, na lavanderia da casa da família.

Jarrod disse que confrontou o irmão a respeito dos restos e que ele teria dito que não eram restos humanos e, sim, de animais. Foi então que Jarrod contou a história ao pai que, em seguida, ligou para a polícia.

Ao saber que a polícia havia sido acionada, Alexander escondeu os restos e limpou os recipientes em que eles estavam, mas não adiantou. Quando os oficiais chegaram lá, estavam com um mandado de busca e, com anuência do dono da casa, procuraram até encontrar — a cabeça e as mãos estavam escondidas debaixo do assoalho da casa.

Alexander foi, então, interrogado e confessou que matou  Agyei-Kodie a facadas e, em seguida, comeu seu coração e partes do cérebro dele.

Kinyua ainda levou a polícia até a o local onde estavam escondidos as outras partes do corpo da vítima, em um depósito de uma igreja.

Nenhum comentário:

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online