quinta-feira, 10 de maio de 2012

Pastor Silas Malafaia afirma que processará ativistas gays que o acusaram de homofobia: Se preparem.

Durante a última edição do programa Vitória em Cristo, exibido no último sábado, 05/05, o pastor Silas Malafaia comentou a decisão da Justiça de extinguir o processo movido contra ele pelo Ministério Público.

Na ação, o MP acusava o pastor Silas Malafaia de incitação à violência contra homossexuais, por conta de sua fala no mesmo programa, criticando ativistas gays que usaram símbolos da igreja católica em posições homoeróticas durante a Parada Gay 2011 em São Paulo.

Em seus comentários, Silas Malafaia afirmou que processará quatro pessoas envolvidas nas acusações de que ele é homofóbico. O líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo porém, não citou os nomes das pessoas contra quem moverá processos.

“Movimento gay: nós não estamos na ditadura, não. Ok? Eu sou livre para me expressar, garantia constitucional. E ele (o juiz) ‘bota’ (sic) isso aqui, eu não li. Agora os senhores se preparem. Os senhores que me chamaram de homofóbico vão lá no tribunal agora. Não vou deixar passar não. Vai ter que provar que sou homofóbico”, afirmou o pastor Silas Malafaia.

Antes de encerrar seu programa, Malafaia marcou um novo embate com os ativistas gays na audiência pública do dia 15/05, que será realizada no Senado, para discussão do PL 122: “Eu quero ver a cara de vocês. Eu vou estar lá, na mesa”.

O pastor ainda insinuou ainda que essa era apenas a primeira derrota do movimento gay: “É a primeira ‘lambada’ que vocês tomam. Eu to (sic) dizendo que é tiro no pé, contra o próprio movimento, o que vocês tão (sic) tentando fazer comigo. Uma perseguição descabida e tresloucada. Tomaram uma bordoada do juiz federal”.

Nenhum comentário:

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online