quinta-feira, 21 de junho de 2012

Gêmeas siamesas são separadas em 12 horas de cirurgia

Operação separou coração e fígado que estavam fundidos

Reprodução/Daily Mail
Pais não tinham condições financeiras para cuidar das filhas

As irmãs gêmeas siamesas, Aradhana e Stuti, de 13 meses, nasceram unidas pelo peito e, ontem (20) foram separadas em uma cirurgia que durou 12 horas.

As irmãs foram deixadas no Hospital Missionário em Padhar, na Índia, assim que nasceram, pois seus pais, Maya Yadav e Hariram Yadav, não tinham condições financeiras para cuidas das filhas, segundo o site Daily Mail.

As gêmeas foram separadas em uma cirurgia que contou com uma equipe de 23 médicos e 11 enfermeiras vindos da Índia e da Austrália. Primeiro, eles separam os corações que estavam unidos pela mesma membrana e, logo em seguida os fígados que estavam fundidos.

O superintendente do hospital, Dr. Rajiv, Choudhry disse que estava feliz com o sucesso da cirurgia. Agora, as irmãs devem permanecer em observação nas próximas 48 horas.

Devido à repercussão da história na mídia, tanto os telespectadores indianos quanto os políticos locais fizeram doações para financiar a cirurgia.

Graças ao procedimento da equipe médica e a recuperação das irmãs gêmeas, finalmente seus pais podem levá-las para casa.

Nenhum comentário:

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online