domingo, 30 de setembro de 2012

Procurador Jurídico raspa cabeça em protesto a ofensa contra integridade física de presos

DSC 04861
Revoltado, Silmer Cavalcante, raspou a cabeça no zero em protesto (Foto: Clériston Amorim/Agazeta.Net)
Continua a onda de protestos em Feijó em virtude da ofensa a integridade física e moral de presos, que veio a público após a prisão de um vereador e dois servidores públicos do município. O trio teve a cabeça raspada no zero tão logo deu entrada na prisão local, numa suposta medida de higiene para evitar a proliferação de piolhos.
Indignado com a situação, o procurador jurídico da prefeitura, Silmer Cavalcante, também raspou a cabeça no zero. ‘’Só tive conhecimento desse tipo de ação na época do nazismo. Isso é um absurdo’’, declarou indignado.

Leia Mais:

“Presos foram humilhados em Feijó”, afirma OAB

Absurdo: secretários e vereador presos têm cabeça raspada em Feijó

Novas prisões podem ocorrer em Feijó após denúncia de 'caixa 2'

Clima fica pesado em Porto Acre devido denúncias graves entre candidatos


Fonte: Agazeta.net

Nenhum comentário:

R7 - Notícias do Brasil

Agazeta.Net

Band - Notícias

Band - Esporte

Notícias Bizarras

Click Jogos - Jogos Online